sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Feliz ano novo, sem sarcasmos

Olá amiguinhos!
Antes demais quero pedir desculpas pelo meu comodismo, apatismo e companhia limitada e não ter colocado posts durante tanto tempo.
Ora bem, este é o primeiro post do ano. Como no inicio do ano toda gente diz: "ano novo, vida nova", muita gente no nosso local de trabalho decidiu para 2008 abulir o sarcasmo. Eu sou a favor. Ou seja, não vou mais poder fazer os meus trocadilhos estúpidos e não vou poder fazer troça das pessoas que me rodeiam, isso vai custar... Corre-me no sangue :(
Como o meu coleguinha deu a entender quando falava da sua ida para o Luxemburgo que eu me iria deslocar para algum sítio vamos falar um pouquito disso: Pois é, Domingo lá vou eu para a Irlanda novamente! Sim, novamente... no último post que fiz menti, não estive na Islândia :$ Eu sei que é feio mentir, prometo que este ano não vou mentir! Contudo dei a entender que estava na Irlanda ("OH IE" IE é a sigla da Irlanda). Pronto, agora que desvendei mais um dos meus trocadilhos estúpidos sinto-me nú :\ Sim, Sérgio, vais pro Hilton, mas eu vou para o centro histórico de Dublin que é muito mais melhor fixe, e só não digo que em Dublin há gajas muito mais melhor boas que aí (o Hilton deve estar cheio de velhas podres de ricas... mas podres :P) porque a minha namorada certamente vai ler isto :P. Além disso tenho sempre a fábrica da Jameson e da Guiness =). Eis o modesto local onde vou ficar

www.uppercrosshousehotel.com

Se por um lado estou ansioso por ir... por outro estou com um nó na garganta... pode parecer a maçã de Adão, mas não, é um nó. Sem sarcasmos. É que vou ter saudades da namoradinha, dos amigos, e principalmente de procurar no Google Images imagens com os nomes dos amigos, não é Sérgio?
Com a vinda do ano novo foi-se embora um pouco da minha inspiração. O que me vale agora é a minha expiração. É graças a esta que muito possivelmente a nossa empresa vai fazer uma fusão fantástica com uma empresa de congelados! E mais não digo :P

Beijos e abraços, sem sarcasmos,
Bin

1 comentário:

Sérgio disse...

Pois é, e cá está de volta o compincha Bin, qual D. Sebastião surgindo da bruma! :)

Acho que vou adoptar a tua ideia. Começar o ano sem sarcasmos parece-me algo bastante positivo... O Mundo está cheio de gente que aprecia esse tipo de observações e eu não percebo porquê... Mas não vou deixar de dizer coisas parvas, porque acho que cada vez mais isso se torna uma imagem de marca! Se é bom ou mau, cada um que tire as suas conclusões... Eu tenho a minha. Não, não digo, não partilho e não comento!

Cada dia que passa traz novas experiências. Coisas boas, coisas menos boas, coisas más... e coisas que ninguém fazia a mais pálida ideia do resultado! E para dar um pouco de força à ideia expressa pelo amigo Bin, experimentem procurar pelo vosso nome no Google. Pode ser uma experiência alucinante, engraçada, triste, pornográfica... Enfim, procurem e descubram!

Há uma coisa muito importante que disseste e que realmente muita gente pode não saber... É que nós temos sentimentos tá? :P Ir lá para fora é fixe, em muitos aspectos, mas há muita coisa que fica cá. Neste momento o Bin deixa cá mais que eu... Mas mesmo assim, na minha viagem para França, ficaram todas as gravatas! E foi uma maçada...

As viagens têm-nos dado a oportunidade de conhecer outros países e de mostrar o nosso valor fora de fronteiras, e isso ninguém nos tira! Eu acho que devíamos arranjar um mapazinho para ir preenchendo com os sítios onde já fomos. O que te parece Bin?

Claro que não me podia ficar também sem dizer que o meu hotel (não sei se já disse que era o Hilton...) fica perto do centro do Luxemburgo, e segundo um site: "Hilton Luxembourg is located on a wooded hillside, a short distance from the city centre (Unesco World Heritage), the airport and the European and financial districts." Toma! :)

Pode ser que um dia acabemos por ir os dois para algum sítio os dois, e aí sim... Seria a p*** da loucura!

Um grande abraço, sincero e com amizade (sem qualquer tipo de sarcasmo...)

Sérgio