sexta-feira, 8 de maio de 2009

O fabuloso poder do Bolo Mágico

Era uma vez um grupo de amigos e amigas que decidiram ir passar uns dias à Bélgica. Gente de bem, saíram cedo de Portugal, não arranjaram problemas no Aeroporto e já almoçaram no país das cervejas e do chocolate. Após 2 dias em terras de Flandres e Valónia decidiram dar um pulinho a Amesterdão, para visitar aquela cidade tão rica em cultura, valores e história. E aqui está o que se passou:
- Não viram nada cultural, pois a cerveja foi mais forte e um carro-bar que estava de passagem tirou-os à força da fila para a casa da Anne Frank.
- Andaram que se fartaram à procura da Coffee Shop onde foi filmado o Ocean's 11 e não a encontraram.
- Foram à procura das letras "I Amesterdam" e também não lhes puseram a vista em cima.

No meio disto tudo, a única coisa "boa" foi terem encontrado a Coffee Shop que procuravam, onde puderam comer um bolo mágico que fazia sentir "coisas". Alguns comeram metade, outros o bolo inteiro e outros ainda algumas garfadinhas. "Não se sente nada!", diziam uns. "És parvo se provas pela 3ª vez!", diziam outros.

E, como se costuma dizer, pela boca morre o peixe...

Após uma horinha de descanso começou o descalabro:
- 1 alucinou e encarnou um encantador de copos de chá.
- 1a desfazia bolachas no colo e perguntava-se de onde vinham as migalhas, que depressa sacudia.
- 1 tinha medo de ficar como os outros e de ser roubado depois de desfalecer nas ruas de Amesterdão.
- 1 estava preocupado com a localização de todos e repetia, vezes sem conta, "estamos na praça de Dam".
- 1a tinha medo. De tudo. Se respirava, medo. E era tudo real, real, real.
- 1 estava acelerado, e achava errado pedir a mesma pizza para toda a gente. Isso não podia ser.

E a última, coitada, valente heroína (nome giro...) em tempos conturbados, aturou os outros todos. Brancos, a desfalecer, olhos raiados de sangue.... Mas ela, pequenina mas valente, aguentou tudo! E vingou!

A aventura daquela noite prolongou-se para os dias seguintes, e em cada refeição o corpo pedia mais sobremesa. Quando vamos outra vez a Amesterdão?

FIM

P.S. - Qualquer semelhança entre esta história e a minha ida recente à Bélgica e Amesterdão é pura coincidência!

2 comentários:

Carocha disse...

Space cake! Pois, acho que se sente coisas e parece que não são nozes ou sultanas lol
Não provar seria como ir a Belém e não comer pastéis, ora! :-)

bluis disse...

por acaso vou lá este fim-de-semana! :D